RSS

Psicologia

03/04/2018

Pesquisas de Psicologia são publicadas em livros internacionais


 E9A9901Prof. Ana Flávia do Amaral Madureira e alunos Ana Luiza Barreto, João Mendes e Luciana Dantas. Foto: Caio Santana

Egressos do curso de graduação e mestrado em Psicologia, e participantes do grupo de estudos Identidades Sociais Diversidade e Preconceito, tiveram pesquisas aprovadas e divulgadas em dois importantes livros da área: Alteridade, Valores e Socialização: desenvolvimento humano dentro de contextos educacionais (Alterity, Values, and Socialization: Human Development Within Educational Contexts) e Entendendo a Sexualidade: perspectivas e desafios do século XXI (Understanding Sexuality: Perspectives and Challenges of the 21st Century).

As pesquisas, orientadas pela professora Ana Flávia do Amaral Madureira, discutem questões de gênero, sexualidade e diversidade em escolas públicas do Distrito Federal e foram escritas a partir de análises feitas em relação às concepções e crenças de estudantes, professores e psicólogos dessas instituições.

“Os dois capítulos das publicações são diferentes, mas abordam a psicologia escolar, com interface na psicologia social. Ambos apostam no poder do diálogo como ferramenta fundamental na construção de uma educação de qualidade”, relata a professora.

O estudo intitulado Diversidade, Identidades Sociais e Alteridade: Desconstruindo Preconceitos na Escola (Diversity, Social Identities, and Alterity: Deconstructing Prejudices in School), discute a quebra do preconceito em instituições de ensino, que podem favorecer a construção de relações respeitosas entre os alunos, enquanto que o capítulo Sexualidade, Gênero e Diversidade nas escolas: vozes diferentes (Sexuality, Gender and Diversity in Schools: Different Voices), por sua vez, debate a sexualidade e a importância da escola nessas discussões, visando o enfrentamento da LGBTfobia e sexismo.

Os textos contam com elementos empíricos da dissertação de mestrado de Ana Luiza Barreto, que realizou pesquisa a partir do desenvolvimento de grupos focais de discussão e oficinas de estudantes, além de estudos realizados nos trabalhos de conclusão de curso (TCC) de João Mendes Gomes e Luciana Dantas, que direcionaram a análise às concepções e crenças de professores e psicólogos escolares.

Os egressos enxergam a publicação de suas pesquisas em livros internacionais com orgulho. Para eles é importante divulgar os trabalhos criados na instituição.

“É significativo disseminar o saber que produzimos aqui em Brasília sobre a Psicologia e esses processos da educação. Precisamos divulgar não só para o país, como também para fora dele”, afirma Luciana Dantas.

Para Ana Flávia do Amaral Madureira, o sucesso dos estudantes e do grupo de estudo reflete o estímulo que o curso de Psicologia oferece ao corpo discente. A professora entende que incentivar os alunos à pesquisa é uma forma de abrir espaço a novos pesquisadores da área.

“No curso de graduação em Psicologia há um contexto educacional favorável ao desenvolvimento de habilidades e competências a pesquisa. Fiquei muito feliz com o resultado porque são as minhas primeiras publicações em parceria com os orientandos de pesquisa. Chegou a hora de abrir as portas para a nova geração de pesquisadores”, finaliza.

TCC premiado

O TCC de João Mendes Gomes foi premiado na 10ª edição do Prêmio Silvia Lane, da Associação Brasileira de Ensino de Psicologia (ABEP).

Inspirado na metodologia qualitativa do professor Fernando Luis Gonzalez Rey, o trabalho busca investigar a vivência de docentes de escolas públicas na criação e promoção de projetos pedagógicos promotores da igualdade de gênero.

“Em termos pessoais, foi um orgulho ver o meu trabalho sendo premiado em nível nacional, pois me dediquei muito em meu TCC. Tenho muito interesse na área de pesquisa, então foi um enorme reconhecimento”, revela.

Para concorrer ao prêmio da ABEP não foi fácil. A pesquisa de João Mendes foi indicada, junto com outros TCC´s, e ainda passou por aprovação do corpo docente do curso de Psicologia.

O CEUB e grupo de professores que a instituição oferece, na visão do egresso, foram fundamentais ao incentivá-lo a participar de diversas atividades acadêmicas. Entre elas o Projeto de Iniciação Científica (PIC), Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), monitoria, entre outros.

“A instituição me propiciou tudo isso! Várias oportunidades dentro e fora de sala de aula. Sem contar os (as) professores (as) que tive, que são extremamente preparados/as e incentivam um olhar crítico à nossa realidade”, completa.

O CEUB parabeniza João Mendes, a professora Ana Flávia do Amaral Madureira e as egressas Ana Luiza Barreto e Luciana Dantas pelas conquistas.

Mais notícias de: Notícias Institucionais