RSS

Entrevista Duda

04/12/2017

Entrevista Duda - Orgulho na aprovação da OAB!

Por: UniCEUB

Orgulho na aprovação da OAB!

Aos 25 anos, a estudante de Direito Maria Eduarda Soares de Mendonça, portadora de necessidades especiais devido a suas limitações físicas, além de possuir visão quase nula, mantém sorriso que contagia e disposição de sobra para buscar seu sonho de seguir carreira na área jurídica. 

E mais um grande passo nessa direção foi dado: ela foi aprovada no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e está em processo de receber a tão sonhada carteira rosa. “Eu acho que só vou cair na realidade mesmo quando eu receber a carteirinha, porque é uma alegria tão grande. É um peso que a gente tira das costas, mas, ao mesmo tempo, a gente fica meio sem acreditar”, revela. 

Duda faz estágio na Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) e dedica-se diariamente para poder fazer carreira no Ministério Público (MP). Desde os 10 anos de idade, a estudante faz palestras e participa de debates sobre acessibilidade e inclusão. Já foram mais de mil palestras contabilizadas. 

Para ela, vivemos em uma sociedade injusta, em que inúmeras pessoas com necessidades não são atendidas. Ainda assim, Duda revela outras preocupações: “o mundo não é injusto porque eu nasci com uma deficiência. O mundo é injusto porque deixa alguém passar fome, porque deixa outra pessoa ser presa por ter roubado um pão”. 

A mãe dela, Maria Elza Soares de Mendonça, conta que é um alívio ver a filha aprovada no exame da Ordem e que o empenho valeu a pena. Mãe e filha atribuem o sucesso e a recente aprovação na OAB ao Núcleo de Apoio ao Discente do UniCEUB (NAD), que presta assistência de várias formas aos alunos. Ao longo de vários anos, o NAD cuidou para que ela recebesse a atenção devida, inclusive com uma pedagoga acompanhante para fazer as leituras, a descrição e a transcrição dos testes. 

Para Duda, o apoio educacional e científico do UniCEUB proporciona ao corpo discente um ensino de qualidade, permitindo o aprendizado e o aprofundamento na área de estudo. Segundo a futura advogada, a Instituição oferece “um nível acadêmico fora do comum”, o que torna o UniCEUB uma das referências de ensino superior do país. “A deficiência nunca me limitou. Eu sempre tive apoio da minha família e de vários anjos que passaram pela minha vida”, confidenciou.

Mais notícias de: Notícias Institucionais