Inscreva-se Menu
fechar

Precisa de Ajuda?

Introdução ao Racismo - Direito e Constitucionalismo antirracista
fechar

Compartilhe por e-mail

Enviar
fechar

Insira o número com quem deseja compartilhar essa informação e vamos te conectar ao seu WhatsApp

Enviar

O Curso

Professor ministrante: Dr. Hector Luís Cordeiro Viera

Objetivo geral

Promover a compreensão crítica da questão racial a partir da articulação entre o conceito de Racismo e as demais esferas da vida social como a Política e a Economia, com ênfase na dimensão do Direito e no campo jurídico.

Local: Plataforma Google for Education do UniCEUB.
Dias e horários: De 29/09 a 07/11, nas terças-feiras das 11h30 às 13h30 e nos sábados dias 24/10 e 07/11 das 8h às 11h40.

Período de inscrição, pré-matrícula e matrícula: Até 27/09/2020

Local de pré-matrícula:
Envio de documento por e-mail

E-Book de Introdução ao Racismo - Direito e Constitucionalismo antirracista

Baixe agora para entender um pouco mais sobre a faculdade e a profissão

Público-alvo e informações

Público-alvo e requisitos: Alunos de graduação do UniCEUB, com possibilidade de matrícula para alunos de outras instituições de ensino superior.


Conteúdos Programáticos
1. INTRODUÇÃO AO RACISMO
1.1 Escravidão e Raça
1.2 Abecedário conceitual: raça, racismo, etnia, cor, discriminação e preconceito
1.3 Teorias raciais, teorias racialistas e a construção de uma epistemologia negra

2. O RACISMO E SUAS ARTICULAÇÕES
2.1 Política
2.2 Economia
2.3 História
2.4 Gênero
2.5 Direito

3. RACISMO E DIREITO
3.1 Racismo e Direitos Fundamentais: a liberdade religiosa, a presunção de inocência e o crime de racismo
3.2 Estado e Necropolítica
3.3 Encarceramento e Direito Penal
3.4. Direitos Humanos e Racismo

Referências Bibliográficas

ALENCASTRO, Luiz Felipe de. Vida privada e ordem privada no Império. In: História da vida privada no Brasil. Império a corte e a modernidade nacional – volume IV. Coordenador geral da coleção : Fernando A. de Novais ; organizador do volume Luiz Felipe de Alencastro. São Paulo : Companhia das Letras, 1997. p. 11-94.

ALMEIDA, Silvio Luiz de. O que racismo estrutural? Belo Horizonte: Letramento, 2018.

BARATTA, Alessandro. Criminologia Crítica e Crítica do Direito Penal – Introdução à Sociologia do Direito Penal. 3a ed. Tradução : Juarez Cirino dos Santos. Rio de Janeiro: Revan, Instituto Carioca de Criminologia, 2002.

BERTÚLIO, Dora Lúcia de Lima. Direito e Relações raciais: uma introdução crítica ao racismo. Dissertação (mestrado em Direito). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1989.

CARNEIRO, Suely. O papel do movimento feminista na luta anti-racista. In: História do negro no Brasil: o negro na sociedade brasileira. Organização : Kabengele Munanga. Brasília : Fundação Cultural Palmares, CNPQ, 2004, p. 286-336.

CARNEIRO, Suely. Racismo, sexismo e desigualdade no Brasil. São Paulo: Selo Negro: 2011.
CARONE, Iray; BENTO, Maria Aparecida Silva. Psicologia social do racismo: estudos sobre branquitude e branqueamento. 6. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

FANON, Franz. Pele Negra, Máscaras Brancas. Salvador, EDUFBA,
2008.

FRASER, Nancy. Redistribuição, reconhecimento e participação: por uma concepção integrada de justiça. In: SARMENTO, D.; IKAWA, D.; PIOVESAN, F. (eds.). Igualdade, diferença e direitos humanos. Rio de Janeiro: Lumem Juris, 2008.

FREYRE, Gilberto. Casa grande e senzala. Rio de Janeiro e São Paulo: Record, 2001.

DECLARAÇÃO sobre a Raça e os preconceitos raciais. Conferência da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. http://www.dhnet.org.br/direitos/sip/onu/discrimina/dec78.htm. Consulta em 25 de janeiro de 2006.

DUARTE, Evandro Charles Piza. Criminologia e racismo. Curitiba: Juruá, 2002.

FLAUZINA, Ana Luiza Pinheiro. Corpo negro caído no chão: o sistema penal e o projeto genocida do Estado brasileiro. 2006. 145 f. Dissertação (Mestrado em Direito) – Faculdade de Direito, Universidade de Brasília, Distrito Federal.

FLAUZINA, Ana; FREITAS, Felipe; VIEIRA, Hector; PIRES, Thula. Discursos Negros: legislação penal, política criminal e racismo. Brasília: Brado Negro, 2015.

FOUCAULT, Michel. A verdade e as formas jurídicas. 3a ed. Rio de Janeiro : Nau, 2003. 158p.

GONZALEZ, Lélia. Racismo e sexismo na cultura brasileira. In: Ciências Sociais hoje, no2. Movimentos sociais urbanos, minorias étnicas e outros estudos. Brasília : CNPQ, Anpocs, 1983, p. 223-244.

MOREIRA, Adilson José. Pensando como um negro: ensaio de hermenêutica
jurídica. Revista de Direito Brasileira. v. 18, pp. 393-420, 2017.

MOREIRA, Adilson José. O Mito da Inocência Branca no Debate Brasileiro sobre Ações Afirmativas. In: Liliana Lyra Jubilut, José Luis Quadros de Magalhães, Alexandre Gustavo Melo Franco Bahia. (Org.). Direito à Diferença: Aspectos de Proteção Específica às Minorias e Grupos
Vulneráveis. 1ed.São Paulo: Saraiva, 2013, v. 2, p. 61 - 94.

MOURA, Clovis. Sociologia do negro brasileiro. Série Fundamentos 34.
Ed. Ática. São Paulo. 1998.

MUNANGA, Kabengele. Negritude: usos e sentidos. São Paulo. Ed.
Ática, 1988.

NASCIMENTO, Abdias. O genocídio do negro brasileiro: processo de um racismo mascarado. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 2017;

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 12a ed. Rio de Janeiro : Record, 2005, 174p.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. Nem preto nem branco, muito pelo contrário: cor e raça na intimidade. In: História da Vida Privada no Brasil: contrastes da intimidade contemporânea. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

SCHWARCZ, Lilia M. O espetáculo das raças. São Paulo, Companhia
das Letras, 1993.

SCHWARCZ, Lilia M. Sobre o autoritarismo brasileiro. 1.ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

WERNECK, Jurema. A era da inocência acabou, já foi tarde. In: Racismos contemporâneos. Rio de Janeiro: Takano, 2003, p.39-48.

Mensalidades

Valor total do curso
R$349,90 à vista ou dividido em duas vezes.
Documentos exigidos para pré-matrícula:

Para alunos do UniCEUB:

-Fotocópia dos documentos pessoais (RG e CPF);

Para alunos externos e profissionais da área:

- Fotocópia dos documentos pessoais (RG e CPF);
- Comprovante de Residência;
- Uma foto 3x4;
- Fotocópia do certificado de conclusão do curso ou declaração de matricula.
  • Compartilhe os valores:

Viste o Ceub